segunda-feira, fevereiro 08, 2010

Ondas...

Quero compartilhar aqui um momento muito bom que tive esse final de semana, na verdade, sabado e domingo foram dias bem intensos e resfrascantes para mim! Domingo fui a praia com meus tios e primos, o dia estava LINDO, familias na praia, casais, pessoas e mais pessoas que só querem a mesma coisa ali, curtir aquele lugar com as pessoas que amam. Pelo menos eu acredito né! :) O mar estava para crianças até para os surfistas... acho que nunca mais vou ver o mar como vi nesse domingo... Foi maravilhoso estar ali.. e o Espirito Santo ministrou umas coisas no meu coração que gostaria de compartilhar!

Fui pegar umas ondas com a prancha do meu primo, e comecei a reparar umas coisas em relação presença de Deus. O mar é para todos. O oceano. As ondas. TUDO. Mas eu arrisquei nesse dia em ir mais além do que só mergulhar e pegar jacaré.. rs... quis pegar onda, já era a 3ª ou 4ª vez que tentava com eles, sendo que eu que os ensinei algumas coisas sobre isso.. hahahha. Então lá fui eu para o fundo, aonde as ondas nascem e fiquei ali POSICIONADA, esperando o momento o certo para dropar. Minhas meditações sobre isso: reparei que as ondas sempre viriam, podiam demorar, podiam até mesmo serem pequenas mas elas vinham mas para eu pegá-las precisava estar POSICIONADA e ATENTA para quando ela fosse chegar senão ela PASSARIA POR MIM e nem a notaria e ficaria frustrada por não ter conseguido pegá-la. O legal é que tem como notar as ondas se formando uma onda boa e forte só pega quem está posicionado e decidido a pegá-la. Os restos de uma onda, todos pegam.. todos no finalzinho mergulham, a sentem, se divertem e acham até o máximo.. mas nesse dia eu vi que o legal é estar SOBRE ELA. Hahahahaha. Os que PACIENTEMENTE ESPERARAM PEGARAM AS MELHORES ONDAS. A espera trouxe o momento certo de agir, de dar o impulso, mas nunca sabemos ao certo se essa onda será boa ou não se não tentarmos se não ousarmos na que temos esperado, na onda que aguardamos. As grandes ondas vem quando as pequenas, as marolinhas passam, esses que não tem paciencia de esperar pega essas. Eu esperei. As vezes eu tentava pegar essas pequenas mas me frustrava, reparei que nela havia pouca força para eu continuar me impulsionando e me cansava logo. Então fui mais fundo. Aonde elas nascem. E esperei. Quanto mais deixava passar as pequenas, mas eu me recuperava, me fortalecia e pegava a grande, na qual eu não precisava usar minhas proprias forças, mas ela mesma me impulsionava, eu só precisava me manter sobre a prancha. Isso TUDO fiz muito empolgada, nossa é maravilhoso se arriscar assim... hahahahaha.. !E o engraçado é que vc ve as pessoas achando um maximo que surfa né.. nossa, olha q legal! Mas poucos se arriscam!
E agora pense: O oceano é o Senhor!Todos podem mergulhar..ir... se inundar.. se saciar nEle..!Mas tem aqueles que vão descobrindo lugares de entrega, de risco, de perda...mas de GRANDE SATISFAÇÃO e coisas novas!!!
Vi essa onda grande como algo genuino do Senhor, manifestação, mover.. etc... o posicionar é nosso, estarmos aonde Ele quer.. e dispostos. As ondas pequenas e marolinhas são até boas.. momentos bons e experiencias com Ele... mas não mexem conosco a ponto de nos transformar de uma forma intensa e verdadeira.. porque nos mantem em um lugar seguro!
O que quero dizer é para irmos mais além, precisamos nos posicionar e ESPERAR!

Muitos se cansam, e até olham pra trás... ai vê aqueles que ficam na beira se alegrando com as pequenas marolas... mas passa. E muitos estão cansados por ir nas ondas pequenas e quando vem a grande não possuem força, porque usam suas proprias forças para se manterem. Eu não quero isso. Descobri que tem mais. Descobri que um lugar de fé plena, de perda de si mesmo, é um lugar de satisfação. Deixa passar as pequenas... vá mais fundo, ouse na sua fé.. ouse!

Ame ao Senhor e vá além.
aaaaaaaaaah que delicia... agora que descobri isso, nunca mais vou querer ir na praia só pra ficar nos lugares seguros... rsssss.. :)!Mas veja, só fui além porque eu tinha uma base para me manter, um lugar para me segurar... não fui sem ver os riscos e nem para me trazer louvor... fui segura aonde eu estava presa, na prancha. Em Deus, a Palavra - JESUS - o lugar, a Palavra é a base, que nos mantem sempre nesses lugares fundos, é ela que nos ensina a esperar, que mesmo que não estejamos vendo, ela virá. Ele virá. ELE NÃO NOS DECEPCIONARÁ!
Convido você a deixar as pequenas, e até mesmo o barulho da multidão para ir a sós num lugar de silencio, movimento e transformação em Deus, Sua presença, Sua Palavra, Seu coração.. em Cristo podemos. Mas não esquece de levar a prancha! :)

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá

    Uma postagem muito interessante, assim como o restante do blog. Parabéns pelo seu trabalho, já estou sendo seu seguidor.

    Se também desejar me visitar, conhecer minhas idéias, trocar links ou seguir meu blog, visite:

    Um pouco além do óbvio.

    Abraço.

    N'Ele, a autoridade máxima em matéria de salvação.

    ResponderExcluir

Fale você...